Holding Familiar

A Holding Familiar se constitui como uma empresa que tem por objetivo exercer o controle do patrimônio de pessoas físicas, integrantes de uma mesma família, que figurarão como sócias da pessoa jurídica. A finalidade principal é proteger, de dívidas futuras e de outras situações que resultem na perda do patrimônio, os ativos familiares já conquistados. Além disso, o modelo empresarial tem como vantagem a redução da carga tributária, com impacto, ainda, na sucessão patrimonial, em caso de falecimento de um dos sócios. Em relação a esta última hipótese, um dos benefícios é a possibilidade de programação antecipada da sucessão, o que permite a participação do titular da herança, evitando conflitos entre os herdeiros, simplificando o procedimento e reduzindo os gastos com recursos financeiros, diferente do que ocorre em processos de inventário. A Holding Familiar permite, portanto, que seja elaborado um planejamento financeiro, tributário e sucessório. Vale mencionar que a Holding Patrimonial – abordada em nosso post de março – se difere da familiar, tendo em vista que, a primeira, é destinada a gerenciar os bens de uma ou mais empresas e não de pessoas físicas, além de não exigir, evidentemente, o liame familiar.

Leave a Comment